Resumo dos Livros: Os Barcos de Papel

Capa do Livro Os Barcos de Papel

“Os barcos de papel”, é um livro infanto – juvenil considerado clássico da literatura brasileira. Escrito por José Maviael Monteiro, faz parte da coleção clássica Vaga-Lume, que já vendeu milhões de livros no país. O livro foi relançado pela Editora Ática, em 1996, em uma edição caprichada em com a ortografia atualizada.

 

Publicidade:

O livro narra a aventura de quatro meninos que se perdem em uma caverna. Miguel, André, Josué, ganham de presente brinquedos motorizados e decidem ir brincar em uma área montanhosa e aberta. Lá encontram Quito, um menino simples e que não tem este tipo de brinquedo. Os meninos brincam e se divertem até o momento em que um deles desaparece. Josué é o primeiro a desaparecer. Miguel o havia alertado para que ficasse próximo ao grupo, já que os meninos – com exceção de Quito, não conheciam a região muito bem. Era um loca montanhoso, próximo à cidade, e que escondia muitos mistérios segundo os moradores locais.

 

Miguel então sai à procura de Josué e também desaparece. André e Quito então partem para explorar a região e descobrem a entrada de uma caverna e decidem explorá-la. Lá, para surpresa dos dois, eles encontram Miguel Josué que também afirmam terem encontrado a caverna. Os quatro garotos então decidem explorar o interior do local.

 

Acontece que lá dentro havia muitos morcegos, caminhos labirínticos e escuridão. Os meninos acabam se perdendo dentro da caverna e, para piorar a situação, encontram bandidos perigosos que estavam se escondendo da polícia dentro da caverna. Carlão e Sete Vidas, os dois bandidos, decidem pedir um resgate pelos meninos, afirmando que falariam às famílias que haviam sequestrado as crianças. Eles pedem 30 milhões para libertá-las.

 

A polícia que já havia sido contatada decide vistoriar toda a região e tentar encontrar os garotos, sem ter de pagar o resgate. As famílias se desesperam, em especial o pai de Quito. Os meninos armam um plano, para tentar dar algumas pistas à polícia de que estavam bem. A polícia entrega uma sacola com jornal, conseguindo enganar os ladrões. Os meninos conseguem escapar dos ladrões e para fugir de dentro da caverna fazem barquinhos de dobraduras e colocam nas águas do riacho que atravessava a caverna. Seria um sinal de que estavam vivos e que precisavam de ajuda.

 

O sargento então encontra os barquinhos e a polícia arma uma operação sigilosa para que fosse aplicada com toda a cautela, assim salvariam os meninos e prenderiam os bandidos. Um helicóptero sobrevoa a área, joga uma corda e consegue salvar os meninos que haviam passado à noite em poder dos bandidos. Eles são presos.

Related posts: